As imagens contidas neste blog foram retiradas da Internet. Caso os autores ou detentores dos direitos das mesmas se sintam lesados, favor entrar em contato - miriblue@gmail.com

Blogroll

Blogroll

About

Blogger templates

Blinkie

Popular Posts

Followers

Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Um vazio a preencher

Estes últimos dias têm sido intensos para mim, a nivel emocional e espiritual. A minha mente tem sido invadida com imensos pensamentos que se atropelam entre si sobre Deus e a minha/ nossa relação com Ele.
Sei que Deus quando nos criou pensou calmamente e detalhadamente em como nos iria "construir", isso faz brotar um sorriso em mim :). Outra certeza que tenho é que por ser Ele o nosso Criador, não podemos ignorá-Lo, mesmo os que dizem que Deus não existe, a sua insistência em fazer essa afirmação, leva-os constantemente a falar Dele. Até porque mesmo que tentemos ignorá-Lo, não é possivel, pois Ele fez-nos à Sua imagem e semelhança, deu-nos o Seu "toque pessoal" e se nos distanciarmos disso, vamos sentir que nos falta qualquer coisa. Como se a Sua marca estivesse em nós e para onde quer que vamos, por mais coisas que dissermos, nada pode negar isso. Aos que já reconheceram isto, sabem do que falo. Aos que ainda não aceitaram enganam-se a si próprios quando dizem que não precisam de Deus, que são felizes porque têm saúde, uma familia amorosa e um bom emprego.

Desejo ardentemente que todo o ser humano reconheça o porquê daquele vazio que teima em se fazer sentir em determinados momentos. É Deus que ainda não teve autorização para morar em seu coração sabe.


Aceitar que Deus tome conta da nossa vida e depender somente Dele para ser feliz, é não só ver, mas viver os milagres e maravilhas que Ele faz. Sei que Ele tem planos lindos para cada um de nós, que as lutas e problemas que enfrentamos não nos vencerão, mas serão vencidos pelo Seu poder, que o que aconteceu no Haiti e na Madeira não foi porque Ele estava a dormir e não se apercebeu ou porque o provocou para nos ver sofrer, mas permitiu porque tem um propósito maior que ainda desconhecemos, mas que conheceremos e venceremos se nos voltarmos para Ele. Então se nos criou com tanto amor, iria desprezar-nos agora? Ele não muda e deseja ansiosamente abraçar-nos, consolar-nos, ajudar-nos e fazer parte da nossa vida!...  Ele tem a mão estendida, e nós, queremos agarrá-la?

Um abraço forte.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Don't stop believin - Glee cast

O talento demonstrado na serie é notável e esta música já anda por todas as rádios, é espectacular!

Aqui fica o video!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Liberdade vs carnaval


I Pedro 2
10. Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma;
11. Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem.
12. Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem.
13. Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens insensatos;
14. Como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus.
(Biblia)

Enquanto andava a navegar na net, encontrei esta Passagem Biblica associada ao carnaval, e de facto, assenta que nem uma luva.
O carnaval já é uma festa muito antiga e ao longo dos séculos foi-se espalhando em diferentes paises que o adaptavam aos seus próprios motivos de comemoração. Mas independentemente de qual tenha sido a origem do carnaval, a motivação sempre foi a mesma: dar largas à carne. A liberdade de se transformar no que se quiser e não ser censurado por isso porque... "é carnaval e ninguém leva a mal!", cometer excessos de várias ordens e mostrar-se porque "o que é bom é para se ver" são máximas que estão presentes na festa do carnaval.

Deus quer que sejamos livres sim, mas "não tendo a liberdade por cobertura da malicia", neste contexto  é o mesmo que dizer para não usarmos o livre arbitrio que Deus nos deu para fazer o que nos der na bolha, e é para isso mesmo que serve o carnaval...! Ter a "grande vantagem" de ser livre de se fazer o que se quer sem que alguém nos condene por isso! Ontem ouvi uma moça dizer na televisão: "Só me embebedo nesta altura do ano, porque nesta altura todo o mundo o pode fazer!"....
As máscaras, enfeites (ou a falta destes!) dão o poder e liberdade de se ser o que se quiser e na verdade servem só para desculpar ou esconder o que realmente se é.

A liberdade que Deus nos dá não serve nem é para encobrir nada, mas para vivermos na Sua verdade, e a verdade é que o nosso pecado só pode ser coberto pelo Seu sangue que um dia Ele verteu na cruz por nós. Nesse dia as nossas máscaras caíram e ficámos limpos diante Dele.
Infelizmente a liberdade é confundida com libertinagem e esta última apesar de estar presente na nossa sociedade, ganha ainda mais força no carnaval.

E quando o carnaval acaba?.... Ressacas, mau humor, lixo para limpar, estragos a calcular e em muitos casos tragédias sem retorno. Tanta folia e euforia para depois tudo se desvanecer e ficar somente a sensação de vazio outra vez e a constatação de que somos o que somos, sem brilhos, fantasias ou artefactos.
"Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais que combatem contra a alma"
Deus dirige-se a nós como Amados, porque de facto Ele nos ama e sabe que todas estas coisas nos fazem mal, Ele não quer que nos afastemos das concupiscências (que é o apetite para o mal, para o sensual) só por capricho ou porque nos quer dar um sermão moral, mas porque nos ama e quer o melhor para todos!

Não pretendo ferir susceptibilidades ou "bancar a santinha", mas sei que a vontade de Deus e o que Ele nos diz é somente para nos fazer felizes e a Sua definição de liberdade é de facto a melhor que eu já poderia ter experimentado. Ele me libertou e por Ele sou livre da prisão do pecado.
Não precisamos do carnaval para nos divertirmos e muito menos precisamos mascarar-nos para desculpar ou disfarçar o nosso "eu"... Ele conhece-nos e o que tem reservado para cada um vai muito além de uns dias de falsa alegria e liberdade! :)

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Até 14 de Fevereiro - 7


Hoje é o último "Até 14 de Fevereiro"... Independentemente de quem celebra este dia como sendo o dia dos namorados, o meu desejo é que em todos os dias possamos demonstrar AMOR, amizade, companheirismo por quem amamos. Todos os dias são uma oportunidade para partilhar e cada momento deverá ser único e precioso. Apoiar e ajudar fazem parte de qualquer relação e não acredito que alguém seja feliz sozinho. Por isso nunca deixem de dizer "amo-te", "és especial", "estou aqui para ti" e mais importante, que as vossas atitudes o comprovem.

Nunca deixem Deus de lado dos vossos relacionamentos, Ele quer fazer parte de cada área da vossa vida e nesta muito mais! Às vezes não é fácil, mas sem Ele mais dificil seria!

Concluindo... Ser amado é muito bom, mas conseguir amar ainda é melhor!

Deus vos abençoe!

P.S. - Sabem o que eu e o Vitor oferecemos um ao outro hoje?... Carinho e uma lareira acesa! Hihihi

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Homens x Mulheres (Até 14 de Fevereiro - 6)


Todos sabemos que não são só os orgãos genitais que marcam as diferenças num Homem e numa Mulher... por isso deixo-vos aqui um video muito engraçado e muito esclarecedor quantos às nossas diferenças. lol...

É bom termos consciência delas, pois não há nada que possamos fazer, Deus criou-nos com caracteristicas bem diferentes e definidas e aceitá-las é meio caminho andado para encontrar o equilibrio e harmonia necessárias para viver uma relação de sucesso. 
 Vale a pena ver!... (E quando nos esquecermos... ver outra vez! lol)



segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

"Love Is Not A Fight" (Até 14 de Fevereiro - 5)


"O AMOR não é uma luta, mas vale a pena lutar por ele"

É uma frase que faz parte desta linda música que um Amigo enviou-me depois de ter visto o filme FIREPROOF e que eu agora compartilho com todos vocês. (Obrigada Tim!)

Mas esta frase desenvolveu um pensamento em mim... nem sempre corre tudo bem num relacionamento como sabem, até porque se não existem pessoas perfeitas, logo... mas quando amamos alguém e estamos verdadeiramente comprometidos, e se as coisas não estão a correr pelo melhor (independentemente de quem for a culpa, ou se até não for culpa de nenhum dos dois) não devemos lutar contra a pessoa que amamos, porque ela é tão falivel como nós. Palavras bruscas e azedas e atitudes de vingança só vão magoá-la ainda mais e não resolvem nada, só piora a situação. Devemos lutar sim, mas a utilizar todas as nossas forças para encontrar a solução para o problema, nem que isso signifique cedermos um pouco, e ceder, não implica necessáriamente dar razão, mas é dar o primeiro passo para a reconciliação... dizer "vamos conversar" ou "Eu te amo, mas não me sinto bem com o que está a acontecer", ou simplesmente dar a mão para que se acalmem... (a minha amiga Carla disse-me que resulta sempre! :)) Mais, devemos orar para que Deus nos ajude a lidar com a situação e principalmente pelo outro, e esta sim é uma grande arma de luta!

Deus também ensinou-nos isto, porque não há nada que nós precisemos que Ele não nos tenha deixado, todos os dias Ele compartilha connosco o que vai so Seu coração... - Aquela passagem na Biblia que diz "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." (Efésios 6:12), - para mim, também se aplica aqui. Podemos pensar que este versiculo só fala para outro tipo de relacionamentos ou pessoas, mas para mim não, serve para todos os seres humanos (que são a "carne e o sangue"), para o nosso próximo. E como perguntava um dia o Pr. João Martins "quem é o nosso próximo?"... Toda a gente o é, inclusivé o nosso conjuge, namorado, noivo.
Então não é contra eles que devemos lutar, mas contra quem lança a contenda, ou acham que não é obra do diabo desfazer relacionamentos? A familia é uma instituição divina, aliás, foi a primeira e se ela for destruída, todo um "universo" de vidas também o serão. Por isto mais uma vez digo que não é possivel separar Deus de um relacionamento baseado no AMOR e que pretende ser bem sucedido, pois a oração e o convite para que Ele faça parte da nossa vida conjugal todos os dias derruba os obstáculos que o diabo coloca no nosso caminho.

A todos desejo muito AMOR e muita força para lutarem, mas com as armas certas! :)

P.S.- Tudo o que vos escrevo, em primeiro lugar é para mim :)

Haaaa.. e aqui fica a música, é linda e é da banda sonora do filme FIREPROOF e pelo cantor Warren Barfield:


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

"Meu pai me falou" (Até 14 de Fevereiro - 4)


Deus tem alguém especial para ti....



Considero esta música um complemento ao meu primeiro post "Até dia 14 de Fevereiro"
Espero que gostem e mais importante: Que confiem :)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O verdadeiro AMOR não acaba...! (Até 14 de Fevereiro - 3)


Não sou perita no AMOR ao ponto de o saber explicar, nem pessoa perfeita ao ponto de dizer a alguém como se deve amar. Mas uma coisa eu tenho a certeza, (no que me diz respeito a mim) Amor que é AMOR não acaba. E também não concordo que se diga que o AMOR é uma decisão e não um sentimento. Tenho para mim que o AMOR é composto por caracteristicas que se SENTEM,  sejam elas quais forem: Atracção, empatia e simpatia, entusiasmo e alegria, vontade de estar perto, bem-estar, vontade de abdicar de si mesmo, de fazer feliz, etc... À medida que a relação se desenvolve e cresce, estes e outros (bons) sentimentos crescem também e continuam... sempre. A nossa decisão de escolha por alguém só acontece quando estas caracteristicas já estão assentes, firmadas e convictas. Sim, há muitos momentos numa relação que os sentimentos não são tão evidentes e acesos, e por vezes até esfriam um pouco, mas estão lá, e por sabermos isso, então tomamos a decisão de continuar a pôr em prática o AMOR. Como podemos decidir sem nunca ter sentido?

Um bom exemplo desta situação é também a nossa relação com Deus, nem sempre sentimos Deus ou o Seu AMOR na nossa vida de uma forma tão fervorosa, mas temos plena certeza que Ele nos ama e está connosco, Ele o prometeu. Nessas alturas, é que devemos tomar a firme decisão de continuar a caminhar com Deus e a amá-Lo, aconteça o que acontecer, mas isto, porque um dia nos "casamos" com o Senhor por AMOR, sentimos o Seu toque e nos comprometemos com Ele para sempre.

O AMOR vem de Deus, nisto não há dúvida. Não há como separar o relacionamento entre dois seres humanos e Deus. O exemplo do AMOR vem Dele, e sim, nós podemo-lo sentir e decidir entregarmo-nos a Ele.

Muitos podem discordar, mas como o blog é meu... a opinião é minha! ;) (lol)

Abraços!

P.S.- Acerca deste assunto recomendo vivamente o filme "FIRE PROOF"!




Happily married since 07.07.2007

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP